escritorafátimacoelhosoar.net
Poesias,Contos Românticos e Sonetos."A alma de uma contista".
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Livro Um amigo Legal
Fotos registraram o momento que uma gata tenta reanimar seus filhotes que foram brutalmente mortos. O caso triste aconteceu na cidade de Xi'an, na China.

De acordo com o Daily Mail, os animais eram novos demais até mesmo para abrir os olhos, mas, ainda assim, eram considerados uma praga por alguns moradores da região.

A chinesa Yang é uma exceção entre essas pessoas. Isso porque, durante muitos anos, ela tem cuidado dos bichanos abandonados na vizinhança. Horas antes da morte dos animais, amulher havia cedido uma caixa para a fêmea e os filhotes.Segundo o relato dela, quando voltou ao local, que fica bem perto da casa onde mora, ela encontrou a triste cena: a mãe miando alto enquanto lambia os dois gatinhos mortos. Yang informou ainda que os animais foram mortos a facadas e um deles chegou a ser decapitado.

Não há câmeras de segurança no local e a polícia não demonstrou interesse em apurar o caso, o que deixou a chinesa indignada. "Eles obviamente foram assassinatos e a facadas. Como alguém pode ser tão cruel?", questiona-se a mulher.

Yang enterrou o corpo dos animais perto do local onde eles foram mortos.Caso ocorreu na República Dominicana. Animal foi brutalmente arrastado para areia com uma corda.Um tubarão azul morreu após ter sido arrastado para fora d’água por um grupo de turistas e salva-vidas, que queriam tirar fotos com ele. O crime ambiental aconteceu na praia de Punta Cana, na República Dominicana.Um banhista gravou o momento em que o animal é capturado brutalmente com uma corda e levado até a areia. Logo em seguida, é possível observar pessoas se aproximando para posar com o predador.Alguns funcionários do Hard Rock Hotel & Casino de Punta Cana, localizado a poucos metros de onde o animal foi morto, participaram da ação. Em resposta ao ocorrido, um porta-voz afirmou que o hotel está tomando as devidas medidas contra os empregados envolvidos.

“Isso é totalmente contra as nossas recomendações de proteção animal e de nosso hóspedes. Hard Rock não tolera esse tipo de comportamento e está levando o caso a sério”, afirma o porta-voz ao site Daily Mail.

Casos similares aconteceram ao decorrer deste ano. Um golfinho, na Argentina, e um cisne, na Macedônia, foram mortos por turistas que queriam tirar selfies com os animais.
escritorafatimacoelhosoar
Enviado por escritorafatimacoelhosoar em 25/05/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários